quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Descubra o seu Ikigai

Outro dia, em uma dinâmica de grupo que aplicamos na empresa que trabalho o exercício era tirar uma pergunta do baralho e todos deveriam responde-la. O objetivo era possibilitar ao grupo uma maior aproximação, conhecendo um pouco mais, a partir das respostas, cada integrando do time. 

A primeira pergunta que tirei foi: "Quem é você profissionalmente" e a resposta estava na ponta língua e com muita energia:

Eu sou movida por paixão. Não me demoro onde não estou completa ou que não está alinhado ao meu objetivo de carreira e de vida. Quando não me sinto 100% comprometida eu me reinvento. Acho estranho as pessoas se acostumarem com aquilo que não traz movimento, paixão e motivação. O que percebo em minhas consultorias é que, principalmente quando você não sabe o que quer, você deixa a vida te levar, e permite que os outros deem o tom da sua caminhada. O problema dessa postura é que você se torna refém das circunstancias. 

Uma ferramenta muito simples que conheci e tenho aplicado sempre que estou em dúvida sobre minhas escolhas e decisões é o IKIGAI. Já ouviu falar? 

A palavra Ikigai, em japonês, significa algo como “a razão de ser”, ou seja, é aquilo que te faz acordar todos os dias e te movimenta em busca da sua missão de vida. É aquilo que você tem certeza que nasceu para viver, que faz seu coração bater forte, o que não significa que você tenha que mudar de cidade, de emprego, de empresa...Muitas vezes, é preciso mudar VOCÊ. 

Particularmente penso que saber para onde vamos e o que queremos fazer é uma das tarefas mais difíceis. Isso porque essa resposta implica em autoconhecimento, autoanalise e uma reflexão profunda acerca dos valores e aquilo que é inegociável. Isso porque aquilo que se aplica para um milhão de pessoas, pode ser exatamente o que NÃO se aplica para você. Uma importante lição, quando passamos a nos conhecer, é não desejar a mesma felicidade que supostamente achamos que o outro possui. 

Abaixo, compartilho a mandala do ikigai para que você possa começar sua jornada de autoconhecimento e realização. Eu gosto muito de um vídeo compartilhado pela Ana, da Annima, em seu canal, mas existe milhares de outros materiais disponíveis na internet. 



Espero que seja útil e faça sentido, afinal, o mundo muda quando a gente muda!



Nenhum comentário:

Postar um comentário