terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Entrevista de emprego - Você está preparada (o) ?



Avaliar se um candidato possui as competências necessárias para uma vaga de emprego é, na minha opinião, a parte mais desafiadora de um processo seletivo. Isso porque tal análise implica em recursos (humanos e financeiros), além de tempo e expectativa dos envolvidos. Contratar a pessoa certa para uma determinada vaga é sem dúvida uma grande vitória para quem está a frente do processo. 

Atuando há aproximadamente 2 anos na área de gestão de pessoas, tenho tido o desafio de compreender, perceber e acertar os processos seletivos que realizo. 

Em parte porque é o que os meus gestores esperam do meu trabalho e também porque é uma satisfação pessoal e profissional entregar resultados positivos do trabalho que executo. Sinto-me profundamente feliz e realizada quando sou capaz de compreender as expectativas dos gestores, captar os melhores candidatos e finalizar um processo de forma transparente e ética. 

Seja como for, é sim muito difícil conhecer totalmente uma pessoa por trás do perfil em uma rápida conversa. 


Por isso, trabalhar com perguntas assertivas é uma forma, comprovada, que os recrutadores têm de conhecer o potencial de um candidato, especificamente no que diz respeito à sua capacidade de crescimento, engajamento e afinidade com a cultura da empresa. 

Instintivamente somos capazes de perceber se os participantes possuem os atributos que se espera para a vaga, o significa dizer que nem sempre há um problema com o candidato, como muitos costumam pensar, mas simplesmente a pessoa não está alinhada com a vaga e com as expectativas da empresa. 

Dentro desse universo, há algumas perguntas que costumo trabalhar e é muito interessante como os candidatos se comportam. Em muitas situações, as pessoas simplesmente não sabem o que responder e com isso demonstram total falta de conhecimento dos objetivos, das aspirações e da própria carreira. 

Se para o candidato é uma oportunidade de emprego, para a empresa é a responsabilidade de contratar uma pessoa que está alinhada aos objetivos, missão e valores da empresa. É muito mais do que empregabilidade, é uma parceria que se estabelece, um ganha-ganha.

compartilho com vocês algumas perguntas que costumo trabalhar na expectativa de contribuir para algumas reflexões:


1) Descreva uma situação que lhe apresentaram uma tarefa que não fazia parte das suas atribuições e como você lidou com a situação? Qual foi o resultado?

Esta pergunta tem como objetivo avaliar a capacidade de adaptação e engajamento. Sabe aquele perfil que costuma dizer: "Eu não sou pago para isso?" geralmente têm dificuldades responder essa pergunta. Afinal, é isso que as empresas esperam de um colaborador? 

2) Quais são as duas coisas mais importantes para você em um emprego? 
A partir dessa resposta temos a capacidade de avaliar se os valores do candidato estão alinhados aos valores da empresa.

3) Compartilhe uma experiência de trabalho em equipe que gerou um excelente resultado e me diga como foi a sua contribuição.

Esta pergunta possibilita avaliar a capacidade de colaboração e trabalho em equipe.

4) Exemplifique uma situação em que você liderou pelo exemplo. O que você fez e como outros reagiram?

Com esta pergunta é possível analisar se o candidato tem capacidade para motivar, liderar e inspirar.

5)Conte-me qual foi sua principal conquista profissional?

Esta pergunta revela a capacidade e potencial de crescimento, ou seja, demonstra a capacidade de ir além do cumprimento de tarefas.

E você, se estivesse participando de um processo seletivo, o que responderia?

Compartilhe com a gente


Um abraço, 

Simara Rodrigues 


* As perguntas que utilizo foram inspiradas no relatório divulgado pelo Linkedin no qual constam as perguntas mais utilizadas em entrevistas de empregos.

4 comentários:

  1. Excelente, Simara.
    Para ser sincera, contratar um novo integrante para equipe, requer uma sensibilidade que vai além do óbvio. Você não imagina o quanto é difícil encontrar boas secretárias.

    ResponderExcluir
  2. Olá Keysa,

    Infelizmente muitos se prendem à crenças, por vezes propagadas nas redes sociais, e não se colocam do outro lado. Afinal, o que a empresa busca? quais são as habilidades que tenho e poderão contribuir? Estou, de fato, capacitado para assumir essa vaga. É, em determinadas situações, os ego o grande vilão. Enquanto isso, a culpa segue sendo da Gestão de Pessoas. Afinal, alguém precisa pagar a conta. rs um abraço e obrigada por compartilhar sua opinião.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Simara,
    tem muito tempo que não participo de nenhuma entrevista de emprego, por esta empregada e tal, e esse texto serviu para ter uma ideia de como estão sendo as entrevistas, por que eles precisam de alguém que se encaixe no perfil da empresa, podemos ser bons profissionais, mais não para aquele perfil que estão buscando. Obrigada pelas dicas

    ResponderExcluir
  4. Nayara, que bom encontra-la por aqui. Sim, é importante compreender que em muitas situações há outros profissionais mais qualificados para a vaga. Por isso, é tão importante estarmos em constante desenvolvimento e aprendizado. um super abraço, Simara

    ResponderExcluir