terça-feira, 5 de dezembro de 2017

A maneira como você faz uma coisa, é a maneira que você faz todas as coisas


Há uma frase do autor T. Harv Eker que gosto muito e faz todo sentido quando analiso a minha vida. "A maneira como você faz uma coisa, é a maneira que você faz todas as coisas"

Já parou para pensar sobre a maneira como tem feito as coisas em sua vida como um todo? Com quanta seriedade e profissionalismo tem atuado? Quanto tem se dedicado ao aperfeiçoamento e atualização da sua carreira? Como você se comporta no ambiente pessoal e corporativo? 

Particularmente acredito sim que como você faz algumas coisas indica a maneira como faz tudo ou grande parte das coisas em sua vida. 

Se uma pessoa é desorganizada com suas finanças, por exemplo, ela provavelmente será desorganizada com as finanças da empresa. Alguém que apresenta um trabalho acadêmico de qualquer jeito, sem planejamento ou preparado adequado, provavelmente terá a mesma postura em uma apresentação na empresa. Uma pessoa que não tem um planejamento eficiente de sua agenda pessoal, certamente não terá na vida profissional. Se uma pessoa costuma deixar tudo para a última hora na vida pessoal, certamente fará o mesmo com a carreira. Se com frequência chega atrasado em seus compromissos pessoais ou não cumpre prazos estabelecidos muito provavelmente cometerá a mesma gafe na vida profissional. Ou seja, se a vida pessoal é caótica é bem possível que o mesmo se reflita em outras esferas. 

Na década de 90 era comum ouvir no mundo corporativo pérolas como: 

"A forma como sou na vida pessoal é completamente diferente como sou na empresa" 
"Na minha casa deixo tudo desorganizado, mas no trabalho sou muito organizado" 
"pago todas as minhas contas atrasadas, mas na empresa atuo com precisão". 

Não se engane, seus hábitos e comportamentos se repetem em todas as áreas da vida e falam muito sobre quem é você. E não há problema algum em reconhecer isso, quando há o desejo de melhoria e realização. 

Em 2017 busquei trabalhar com foco em autoconhecimento e tenho percebido que quanto mais me conheço mais fácil tem sido identificar comportamentos que me distanciam e também me aproximam do meu propósito de vida. A partir dessas análises tem sido fácil criar estratégias de transformação. Desejo que esta reflexão também também faça sentido em sua vida e que a maneira como você faz uma coisa, seja a maneira como você faz todas as outras. 

Com carinho, 

Simara Rodrigues 

Nenhum comentário:

Postar um comentário