quinta-feira, 26 de outubro de 2017

A tecnologia e o trabalho: como será essa relação no futuro?



“A tecnologia chegou para ficar e os profissionais precisarão se adaptar o quanto antes!”

A tecnologia tem mudado em muito a maneira como as pessoas vivem. 


Conversar com um familiar, ler uma notícia ou até mesmo se divertir não são feitas da mesma forma depois da inserção dela nas nossas vidas. E no ambiente de trabalho não poderia ser diferente.


Muitas profissões estão tendo que se readaptar, reorganizar e se adequarem às novas tecnologias. Definir a importância do trabalho e o seu lugar neste ambiente tecnológico é um dos principais tópicos quando se discute o futuro do trabalho.

Pesquisa realizada pela ADP, a Future of Work, entrevistou mais de 2 mil pessoas que trabalham em empresas com 250 ou mais empregados no Brasil e em países como:

Estados Unidos
Canadá
México
Chile
Reino Unido
França
Alemanha
Holanda
Austrália
China
Índia
Cingapura.

E ficou evidente que a transformação digital vai impactar tanto a maneira como os funcionários interagem quanto nas ferramentas que usam para trabalhar. Mesmo que esses recursos mudem de acordo com a região, setor ou cargo, algo é claro:

Todos precisarão se adaptar o quanto antes!

Parafusos e a tecnologia

Aposto que se você jogar no Google as palavras “linha de produção e fábrica” vão aparecer imagens de plantas lotadas de robôs e com poucas pessoas. Pois é! E essa realidade está cada vez mais presente nas indústrias. Funções repetitivas, ou até mesmo aquelas que exigem um esforço físico maior já estão sendo substituídas por robôs ou por Inteligência Artificial.

Apertar parafusos, encaixar objetos e encher frascos já não são mais funções executadas por pessoas. E isso é bom! As pessoas poderão passar a se dedicar a coisas que realmente gostam e que exigem raciocínio lógico, e não a trabalhos mecânicos. Relatórios, criações e relações de trabalho mais parecidas com nossa própria vida: é assim que será a rotina de trabalho do futuro.

É hora de sermos criativos!

Em um futuro no qual funções mecânicas, em sua maioria, serão absorvidas pela tecnologia, a criatividade será cada vez mais demandada. Incentivar ideias inovadoras, organizar reuniões de brainstorm e focar em conteúdos que exigem raciocínio lógico serão a chave para motivar a equipe e atingir resultados.

É fato: a tecnologia é uma importante ferramenta. Aproxima quem está longe por meio de aplicativos de celular, moderniza o transporte e evolui as pesquisas na área da saúde. Mas quando o assunto é trabalho ela pode assustar. Vamos perder empregos? Seremos substituídos por máquinas?

O importante é ter em mente que a Inteligência Artificial está aqui para nos auxiliar, e o principal, ela nunca vai substituir nossa criatividade. Os computadores apenas detectam erros e cabe a nós tirar desses erros saídas para outros caminhos.


Fonte:

https://www.blog.adp.com.br/tecnologia-trabalho/

Nenhum comentário:

Postar um comentário